Lattine Group

Blog

Como a autenticação multifator aumenta a segurança das empresas

Microsoft Azure

Como a autenticação multifator aumenta a segurança das empresas

Conheça as vantagens da autenticação multifator e saiba como ela pode proteger os seus dados.

Você já ouviu falar sobre autenticação multifator? Diante das recentes discussões sobre privacidade e segurança de dados – culminadas tanto pela sanção da LGPD quanto por super vazamentos de dados – muitas empresas se atentaram ainda mais para a importância de proteger seus ativos e, claro, as informações pessoais de seus clientes, contra possíveis golpes e exposições indevidas.

O caso mais recente que ligou o sinal de alerta em muitas pessoas foi o vazamento de dados de 223 milhões de brasileiros, considerado o maior evento do tipo da história do Brasil. Em um momento em que tanto se fala sobre a segurança das informações, é necessário que as empresas tomem medidas adequadas para se proteger contra possíveis ameaças.

Neste ponto, a autenticação multifator (MFA) é uma excelente opção para reforçar a proteção das companhias, visto que esse recurso reduz drasticamente as chances de violação e invasão de sistemas. Com a MFA, somente pessoas autorizadas podem acessar as contas, aplicativos e softwares, diminuindo consideravelmente o risco de fraudes.

Para te ajudar a entender um pouco mais sobre o assunto, nós preparamos um guia simples para te ajudar! Continue lendo a seguir.

Leia mais: 4 coisas que devem mudar na sua empresa pós-LGPD

Autenticação multifator: o que é?

A autenticação multifator é uma ferramenta que tem como objetivo diminuir os riscos de fraudes, invasões ou roubo de informações.

Ela fornece uma camada de proteção adicional aos sistemas ao exigir que os usuários provem suas identidades por meio de mais de um método de verificação.

Com a MFA, caso a pessoa consiga, de fato, quebrar uma das barreiras de segurança e acessar o seu sistema, ela ainda precisará validar sua identidade novamente por meio de uma nova forma de checagem.

A autenticação multifator passou a ser utilizada de forma mais ampla pelas empresas há pouco tempo, relativamente falando. Essa virada é resultado de dois fatores:

a) O fato de que um bom esquema de proteção de dados é, hoje em dia, um sinônimo de vantagem competitiva para os negócios;
b) O roubo de informações é um dos grandes problemas enfrentados pela sociedade moderna, considerando que cada vez mais pessoas cadastram e entregam seus dados em sites da internet sem verificar a procedência destes.

Autenticação multifator: proteção

Tipos de autenticação multifator

A autenticação multifator, como o próprio nome indica, conta com diferentes opções que podem ser adotadas pelos usuários.

Apresentamos e explicamos os tipos de MFA a seguir:

1. Tokens de hardware

Os tokens são pequenos (lembrando o antigo bip dos anos 1990), simples de usar e devem ser carregados pelos usuários para que o acesso ao sistema seja autorizado. Em linhas gerais, esses hardwares suportam autenticação com senhas de uso único.

Os tokens de segurança também têm sido utilizados por muitos bancos para que os usuários tenham acesso à rede, permitindo um sistema de segurança aprimorado que consegue proteger vários aplicativos em um único dispositivo.

2. Verificação de login

Outra forma de autenticação multifator é feita por meio da verificação de login, na qual o usuário deve inserir o código solicitado. Nesse caso, o acesso só é liberado após a inserção da chave em questão.

O código de verificação pode ser acessado pelo e-mail, SMS ou até mesmo por ligação telefônica. Independentemente do formato, um código específico será passado para o usuário.

3. Autenticação biométrica

Muitos sistemas já estão utilizando a autenticação biométrica com o reconhecimento das impressões digitais ou do rosto do usuário. Um bom exemplo disso são os smartphones lançados nos últimos anos!

Esse formato de autenticação multifator fornece uma camada invisível de segurança que autentica os usuários com base em seu comportamento – principalmente a forma de interação com o computador ou celular por meio da pressão aplicada, padrão de movimento do mouse e mais.

E-book gratuito: Como a pandemia mudou o cenário da tecnologia

Autenticação multifator: benefícios

Benefícios de autenticação multifator

Neste momento em que nossas casas viraram escritórios e todas as atividades de trabalho são realizadas remotamente, é essencial que as empresas se adequem à nova realidade e implementem sistemas mais seguros para proteger os dados confidenciais de suas equipes e clientes.

A autenticação multifator é uma forma simples e eficiente de manter todas as suas informações seguras, pois garante que, em caso de invasões, seja muito mais difícil que o hacker tenha acesso a todas as chaves de segurança solicitadas pela MFA.

Pensando nisso, as plataformas da Microsoft também utilizam as ferramentas de autenticação multifator de forma nativa, visando proteger os seus arquivos, dados e informações pessoais.

Autenticação multifator no Microsoft Azure

A Autenticação Multifator do Azure AD (Active Directory) funciona exigindo dois ou mais métodos de autenticação para que o usuário tenha acesso às redes ou base de dados.

Além disso, os administradores das contas são os responsáveis por definir quais formas de autenticação secundária devem ser usadas. Assim, os aplicativos ou serviços não precisam ser alterados para que a MFA seja implementada.

Nesse caso, os prompts de verificação são nativos do evento de entrada do Azure AD, que, por sua vez, solicita e processa de forma automática o desafio da autenticação multifator sempre que necessário.

Vale destacar, ainda, que o administrador pode exigir o registro dos métodos de verificação da autenticação multifator do Azure AD, sendo eles:

a) Microsoft Authenticator (aplicativo);
b) Token OATH de hardware;
c) SMS;
d) Chamada de voz.

Quando um usuário entra em um aplicativo ou serviço e recebe um prompt da autenticação multifator, ele pode escolher um de seus formulários registrados de verificação adicional.

Leia mais: Azure Active Directory: o que é e como funciona?

Aumente a segurança da sua empresa

Precaver-se contra os riscos inerentes do mundo digital é uma das melhores formas de zelar pela segurança dos dados da sua empresa, colaboradores e clientes.

Nesse sentido, a adoção da tecnologia em nuvem da Microsoft nos processos diários da companhia pode ser o grande diferencial que seu negócio precisa para se destacar no mercado.

Solicite um contato conosco e saiba tudo sobre a migração para o Azure.

Lattine Group

© 2019 - Copyright

Logo FUP